16.8.05

Um dia perfeito

(Auto retrato do escritor deste blog)
São 22:30 horas e eu não fiz nem metade do que me propus, o dia foi muito intenso, as vezes penso que estou assumindo mais tarefas do que minha capacidade para realizá-las, ainda que intelectualmente me sinta apto, ainda não tenho a desenvoltura prática necessária. Perco muito tempo consultando os códigos, jurisprudência e doutrina, nessas horas gostaria de poder implantar um chip com todas as informações de que necessito dispor para meu trabalho.

Diante de mim estão o Código Civil comentado de Humberto Theodoro, o Código de Processo Civil comentado de Nelson Nery, umas 15 decisões do STF e outras tantas do STJ, a Constituição comentada de Alexandre de Moras e um contrato de convivência a ser terminado. Seria bom se eu tivesse como meu amigo Alex a capacidade de ter os códigos decorados na cabeça. Grande jurista o meu amigo, ainda será reconhecido mundialmente, pois no Brasil sua inteligência já é sabida de todos e sua fama já corre por todo o país entre os estudiosos do direito processual civil. É a tradição da Escola Jurídica do Recife, e há quem diga que já surge a Nova Escola Jurídica do Recife, mas isto é assunto para os jusfilósofos de plantão.

Hoje era dia de passeio ciclístico, corujaqueira, mas as tarefas do escritório trazidas para casa me impediram de desfrutar dos prazeres de pedalar entre centenas de pessoas pelas ruas do Recife. Ainda tem a monografia. A noite via ser longa.

Ainda bem que eu tenho este lugar para escrever, é minha terapia, sempre que estou cansado com as adversidades da vida venho aqui e ponho tudo para fora, é mais barato que minha analista. Que ela não leia isto.

Hoje foi um dia de muita satisfação, percebi que conquistei o respeito de alguém muito especial, uma pessoa criteriosa e equilibrada, alguém cuja opinião para mim faz muita diferença. Se ela vier a necessitar sabe exatamente quem será o seu patrono.

Sou um entusiasta com a carreira jurídica, creio que a despeito da má fama de que goza parte da categoria a profissão de advogado é da mais alta importância na afirmação da cidadania. Só quem se socorre dos serviços de bons profissionais é quem sabe aquilatar a importância do advogado na sociedade. Ainda vou escrever sobre isto.

Hoje no fórum me vi numa situação constrangedora, fui abordado por uma estudante de direito que me pediu ajuda, mas a moça era de uma beleza tão grande que fiquei desconcertado quando ela ao me agradecer me pediu o meu telefone, eu de pronto entreguei o aparelho...

E por falar em beleza já faz parte de minha rotina aguardar o e-mail dela, isto me preocupa, afinal quando ela não tiver tempo para escrever me sentirei órfão de sua atenção. Fazer o quê? Como diria o pensador global “faz parte”.

Acabou o “recreio” volto agora ao trabalho, certo de que terei uma longa e agradável noite na companhia dos livros, das leis e de sua aplicação. E a minha esquerda pela janela do meu quarto vejo a Lua.
Como é bom encontrar alguém

Quero um dia de luta por vez,
Uma tarefa que não seja impossível,
Um sorriso que não seja traiçoeiro,
Quero um irmão amigo e um amigo irmão,
Ser útil a você,
Estender-te a mão,
Alegrar-te na tristeza,
Estar contigo quando vier a solidão,
Quero acima de tudo ser eu mesmo,
Com minhas fraquezas,
Anseios, medos e defeitos.
E se encontrar alguém que me aceite,
Assim como sou,
Já me darei por feliz.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home