5.1.07

Sensações...


Corro contra o tempo, em vão busco chegar aonde sonho, o tempo às vezes me parece tão longo, a espera por um momento que arde em meu coração. Estou me sentindo tão só. Hoje recordei o dia desta foto. Um noite no deserto, fria e silenciosa, só vento com suas rajadas me faziam despertar dos meus pensamentos. Longe é onde está o meu coração. Sinto como que perdido no Saara, num noite de frio e silêncio. Ouço repetidas vezes essa canção do Vander Lee, ela explode do meu peito.
Contra o Tempo
Vander Lee
Corro contra o tempo pra te ver
Eu vivo louco por querer você
Morro de saudade, a culpa é sua
Bares ruas estradas desertos luas
Que atravesso em noites nuas
Só me levam pra onde está você
O vento que sopra meu rosto cega
Só o seu calor me leva
Numa estrela pra lembrança sua
O que sou, onde vou, tudo em vão...
Tempo de silêncio e solidão
O mundo gira sempre em seu sentido
Tem a cor do seu vestido azul
Todo atalho finda em seu sorriso nu
Na madrugada uma balada soul
Um som assim meio que rock in roll
Só me serve pra lembrar você
Qualquer canção que eu faça tem sua cara
Rima rica, jóia rara
Tempestade louca no Saara.
O que sou, onde vou, tudo em vão...
Tempo de silêncio e solidão

3 Comments:

Blogger InfinitLoop said...

.
.
.
.
.deixei um comentário... será que ele sumiu?
.
.
.
.
.l

11:20 AM  
Blogger InfinitLoop said...

.
.
.
.
.
.
.
Eu de novo!!!! e de novo!!!
.
.
.
.
.
que sistema é esse que some com as coisas?
.
.
.
.
.Mas quero saber onde anda você, o sedento?
.
.
.Um beijo

10:53 PM  
Blogger nine said...

Tanto tempo sem vir aqui te ler, gostei de tudo que li, vejo um Fred se renovando e o novo também me agrada, por isso fico feliz em vê-lo em sintonia com o seu universo particular!

Um beijo!

PS. Me dê notícias de sua mãe, please!

11:09 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home