6.2.06

Coisas de malungo

Ando pensando muito sobre o que é a vida, penso em como complicamos tudo, em como deixamos de viver por nos envolvermos em situações fadadas ao insucesso. Penso que a vida urbana é um convite ao conflito, se não vejamos, um pescador que sai todos os dias pro mar e depois volta para sua casa vive com basicamente duas preocupações: pescar e voltar pra casa. Os problemas que advêm destas atividades são todos resolvidos diretamente por ele, e não sobra tempo para ficar inventando problemas em sua mente.
Já o homem urbano tem que viver num mundo muito mais complexo e com tantas preocupações que superam sua capacidade de realização afinal é preciso viver com a internet, televisão, noticiários, shopping center, trânsito, moda (essa é a pior pois faz com que nossa velha calça, aquela bem gostosa, fique guardada no armário pois ficou brega) e tudo o mais que lhe rouba a atenção e o pior é que o tempo, que é o mesmo para o nosso amigo pescador, fica escasso para realizar todas as atividades que fazem parte de sua rotina de homem da metrópole.
Por isso sonho com uma casa na colina em Olinda, com vista pro mar, um jardim e uma vida simples. Eu quero mesmo é sossego.

1 Comments:

Blogger Infinit said...

the grass is always greener on the other side....

;o)

;o*

7:59 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home